Ação visa conscientizar os alunos para a culminância da metodologia de educação socioemocional da Inteligência Relacional 

Entre os dias 20 e 23 de novembro, alunos da Escola Municipal Embaixador Renato de Mendonça, no município de Pilar, em Alagoas, estão vivenciando uma grande semana temática, intitulada de “Projeto de Cidadania, Culturas, Tolerâncias e Paz: Criando valores na escola”. A ação visa preparar os estudantes para a culminância da metodologia de educação socioemocional, que é desenvolvida desde o início do ano por meio de uma parceira entre a Secretaria Municipal de Educação e a Organização Inteligência Relacional.

Nesses quatro dias os estudantes do 5º ao 9º ano estão recebendo palestras sobre várias temáticas, entre elas: Promoção da paz; Educação para o trânsito; Ser voluntário e solidário; O perigo das redes sociais; Suicídio; Uso de álcool e outras drogas; Bullying; Família; Doação de sangue e de Órgãos, Combate ao preconceito e Respeito aos idosos.  

De acordo com a coordenadora de Cultura de Paz do município, Lúcia Nunes, a ideia de evento surgiu diante de alguns conflitos vivenciados e também de questionamento de alguns alunos sobre vários temas. “Eles que deram a sugestão dos assuntos. Buscamos palestrantes para possibilitar uma troca de experiência positiva, onde eles puderam aprender e também compartilhar os ensinamentos da educação socioemocional. Muitos aproveitaram o momento para relatar a mudança em sua vida, destacando a importância de entender sobre as emoções”, destacou.

O aluno do 9º Ano, Lucas Pedro da Silva, que está em sua última série na escola, demonstrou a saudade sentida pelo tempo vivido na instituição e como irá recordar as coisas boas. “Vou fazer um livro contando a minha história, chamando minha vida, minha casa e a minha escola. Essa ideia foi motivada após a chegada da educação socioemocional. Graças aos ensinamentos das emoções irei levar um pouco de cada, até os que me fizeram raiva, pois o projeto ensinou que somos todos iguais e que isso é uma emoção que eles ainda não sabem lidar, mas que irão aprender”, ressaltou.

Cerca de 800 alunos do 6º e 9º Ano e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal Embaixador Renato de Mendonça estão sendo contemplados com a aplicação da educação socioemocional.