Os resultados correspondem ao desenvolvimento da Educação Socioemocional durante o ano letivo de 2018 na instituição privada; equipe escolar celebra parceria com a Inteligência Relacional e sinaliza entusiasmo para mais um ano de trabalho e transformações 

Na última terça-feira (22), a equipe de coordenadores pedagógicos e direção do Colégio CER COC, de Sertãozinho (SP), se reuniram com a consultora da Inteligência Relacional, Gabriela Biaggio, para analisarem os resultados do desenvolvimento da metodologia de Educação Socioemocional ao longo de 2018.

A implantação da inovação pedagógica no colégio aconteceu no segundo semestre de 2017 e contemplava apenas o Ensino Fundamental II. Em 2018, devido ao sucesso das atividades e à grande repercussão do tema, as aulas de educação socioemocional foram ampliadas para a Educação Infantil e Ensino Fundamental I, incluindo mais de 300 alunos no processo de aprendizagem das emoções.  

A partir da Avaliação de Resultados da Inteligência Relacional realizada no início e no final do ano de 2018, foi constatado que 64% dos alunos conquistaram habilidades socioemocionais e aprenderam a lidar melhor com suas emoções e 58% demonstraram aquisição de comportamentos de cooperação que promovem a convivência harmônica e pacífica. Além disso, 37% dos alunos estão reduzindo os comportamentos que levam à convivência conflituosa e violenta com os demais.

Tais transformações também foram observadas por meio de depoimentos de educadores e coordenadores que vivenciaram o desenvolvimento da educação socioemocional, e ao longo do ano durante os Acompanhamentos Pedagógicos. Para o coordenador do Fundamental II, Plauto Nascimento, os números apresentados condizem com o que ele vê no ambiente escolar.

“O desenvolvimento da metodologia em todas as aulas foi fantástico. A evolução aconteceu de forma contínua e com o envolvimento de todos. Confesso que eu estava bem ansioso com os resultados e para a nossa alegria os dados apresentados apontam muito o que vivencio na prática. Neste ano quero continuar crescendo com os alunos e também quero sensibilizar ainda mais a minha equipe para que todos estejam na mesma conexão, nessa mesma evolução”, comenta Plauto.

Para a coordenadora da Educação Infantil, Giovanna Paiva Bombonatti, a educação socioemocional agregou ainda mais nas relações e no aprendizado de todos. “Percebemos que trabalhar e reconhecer habilidades emocionais facilitou a introdução e a sistematização dos conteúdos. Tenho a certeza que o cuidar das emoções é o primeiro passo para um desenvolvimento cognitivo eficaz. Por isso acredito que estamos no caminho certo. Em 2019 daremos continuidade com mais determinação e alegria, pois sabemos que nossa parceria é crescente e segura”, celebra.

A coordenadora do Fundamental I, Silvia Pestana, conta que se surpreendeu ao ver os resultados. “Percebi que todos estiveram muito envolvidos com os conteúdos de Educação Socioemocional, tanto os educadores, quanto os alunos. Não esperava algo tão positivo em apenas um ano de desenvolvimento. Tenho certeza que esses números correspondem ao trabalho maravilhoso que todos realizaram em união e cooperação. Estou muito feliz e ainda mais animada para este ano.”

A diretora do colégio, Carmem Carrer, também esteve presente na reunião de apresentação dos resultados da metodologia da Inteligência Relacional. Ela se mostrou bastante satisfeita com o trabalho realizado e empolgada para mais ano de parceria. “Precisamos continuar nesta caminhada de valorização e promoção do enriquecimento nas relações no ambiente escolar. A educação para a paz, a promoção do diálogo, do respeito às diferenças, a identificação das emoções e a regulação delas foram, e serão, fundamentais para solucionar questões que impedem o desenvolvimento humano e bom andamento do aprendizado”, conclui.