Uma manhã de sensibilização para a cultura da Não Violência. Foi assim que mais de 150 gestores das escolas da rede municipal de ensino iniciaram as atividades desta semana. Eles participaram do seminário promovido pela Secretaria Municipal da Educação (Semed), cujo tema foi "A importância da Educação Emocional e Social para redução de violência e melhoria dos índices de aprendizagem". O evento aconteceu na manhã de hoje, 11, e abordou assuntos como os fundamentos da condição humana, os conceitos de violência e o reflexo na escola, a agressividade no contexto da não-violência, entre outros temas que envolvem a educação emocional.

O seminário foi ministrado pelo professor João Roberto de Araújo, fundador e orientador estratégico da organização Inteligência Relacional, entidade de São Paulo, responsável pela pesquisa, criação de material pedagógico, formação de educadores para a educação emocional e social. A proposta do evento é discutir a cultura da paz dentro das escolas, em primeiro momento com os gestores educacionais, para depois implementar ações que envolvam toda a comunidade escolar.

A secretária municipal da Educação, Cecília Leite, salienta a importância do evento para se discutir propostas de enfrentamento à violência. "A ideia é ampliar as discussões e estratégias de enfrentamento à violência e definirmos medidas de não violência. Esse é o momento de construir ações estruturantes na raiz, trabalhando com pessoas e não somente com estatísticas", enfatiza a secretária da Educação.

A prefeita em exercício, Eliane Aquino, relata que a educação é essencial para construção de uma sociedade e, na ocasião, parabenizou a secretária da Educação pela iniciativa."Primeiramente quero parabenizar Cecília pela sua motivação e coragem para melhorar a educação de Aracaju, são pessoas assim que procuramos para construir uma cidade melhor. É através da educação que conseguiremos ter uma sociedade mais justa,  não adianta só ficarmos discutindo as causas, precisamos pensar nas soluções e é isso que a Secretaria da Educação está fazendo, construindo soluções", destaca.

O professor que ministrou o seminário, João Roberto, expõe a importância da temática voltada para a área educacional e explica o que foi apresentado durante o evento. "Estou muito feliz com o convite da Prefeitura de Aracaju e da Semed. Estamos aqui, hoje, para conversar com diretores e coordenadores pedagógicos para tratarmos sobre a educação emocional que é um tema novo que pouca gente conhece. É uma área nova da educação que busca trazer para a escola, os alunos e os professores, uma forma de trabalhar com a subjetividade das pessoas, estamos trazendo uma reflexão de que a escola além de educar para a matemática e as outras matérias, também educa para a convivência e o autoconhecimento", declara.

O diretor da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Anísio Teixeira, Rogério Tenório de Azevedo, fala que essa formação vai transformar os diretores e coordenadores em multiplicadores na sua própria escola. "Após o dia de hoje vamos reunir os professores e passar todas as informações para que as relações dentro da nossa escola melhorem e que os alunos possam se beneficiar, esse é o nosso objetivo. Acredito que essa formação continuada vai possibilitar e oferecer soluções para tornarmos nossas escolas mais harmoniosas", opina.

A coordenadora pedagógica da Emef Professor José Antônio da Costa Melo, Adalgisa Silva da Paixão, aponta que a escola se preocupa muito com a questão da violência e da indisciplina, que esses dois fatores só atrapalham na formação e aprendizagem dos estudantes. "Estamos vivendo um momento muito delicado no nosso país, que é a questão da violência nas escolas. A secretária está nos oferecendo mais uma estratégia de como trabalhar dentro da escola a questão da violência, por isso, nós educadores sempre procuramos somar nossas forças para a construção de um ensino de qualidade", conta.

Fonte: Prefeitura de Aracaju